Como montar um e-commerce. Saiba por onde começar

 

As pessoas nunca se sentiram tão confortáveis para realizar compras on-line quanto hoje. Uma prova disso é a migração expressiva das vendas em lojas físicas para as virtuais. Em relação a 2016, o volume de clientes cresceu mais de 10,3% e se mantém significativo. Por possuírem poucas barreiras de entrada, o e-commerce, mais do que nunca, é uma excelente estratégia para se manter competitivo e forte no mercado. Mas para isso, criar uma estrutura eficiente para o seu negócio é necessário!

Você está querendo começar? Saiba como montar um e-commerce!

 

As vantagens de montar um  e-commerce 

Um dos mercados que mais cresce no Brasil e no mundo, o e-commerce possui ótima rentabilidade por possuir um investimento inicial baixo, sendo uma opção muito vantajosa na hora de escolher um canal para vender seus produtos. Além disso, essa ferramenta também permite que você tenha mais flexibilidade e autonomia, ganhando maior liberdade para criar a sua loja virtual.

©Bruce Mars

Justamente por oferecer muita comodidade e praticidade também na hora das compras, o e-commerce está se tornando o canal preferido dos consumidores, que graças à expansão da internet, costumam optar por processos mais rápidos e dinâmicos. As pessoas estão cada vez mais conectadas ao digital e tornando as compras online um hábito. Portanto, não garantir a sua presença online pode significar a perda de muitos clientes em potencial, afinal, você precisa estar onde o seu consumidor está!

Assim como nos meios tradicionais, vender online exige planejamento e conhecimento. Mesmo que criar um e-commerce tenha menos burocracias do que criar um negócio físico, ainda exige que algumas etapas fundamentais sejam seguidas.

 

Implantação do seu negócio online

Para iniciar o processo de implantação do seu e-commerce, que tal começar a preparação a partir de um plano de negócios? Essa ferramenta auxiliará a organização e o planejamento da sua loja online. Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), empresas criadas a partir de um plano de negócio sólido tendem a sobreviver por muito mais tempo no mercado. 

©Startup Stock Photos

É nessa fase que você pode prever e evitar riscos, levantar dados sobre a estrutura necessária para o seu negócio, conhecer seu público-alvo, iniciar a cultura organizacional (definindo visão, missão e valores), estabelecer dados gerais, criar um plano de marketing digital, criar sua loja virtual através de uma plataforma e-commerce, entre outros. A definição do seu plano de negócios pode levar de 6 meses a 1 ano e a criação da loja virtual pode demorar de 60 a 120 dias. Para ajudar nessa grande etapa, você também pode montar suas estratégias com base em um case de sucesso.

O seu público é infantil? Conheça os benefícios de abrir um e-commerce nesse nicho

Gerenciamento de vendas

Como qualquer empresa, a administração de um e-commerce compreende setores como contabilidade, RH e marketing, por exemplo. Por isso, nessa etapa é importante fazer a divulgação da sua loja através de algumas ferramentas do marketing digital, como as redes sociais.

©picjumbo.com

Além disso, fique sempre de olho nos seus resultados e alcances para aprimorar cada vez mais os seus lucros! Dessa maneira você saberá quais estratégias estão funcionando e como corrigir as que não estão gerando o resultado que você espera. 

 

Invista no Atendimento

Os seus clientes sempre serão responsáveis por definir o comportamento de consumo da sua loja – e é a partir dessa informação que você deve definir suas estratégias. Para oferecer um atendimento ágil e personalizado, os atendentes devem saber e analisar o histórico dos consumidores e, acima de tudo, saber lidar com possíveis reclamações. 

©Jopwell

O atendimento também passa pelo conteúdo da loja virtual, pela usabilidade, SAC, venda e pós venda, devendo prezar sempre pela antecipação das necessidades do seu público e da velocidade em atendê-las. 

Confira algumas dicas para montar uma equipe de vendas de sucesso.

 

A importância da Logística 

Chegamos a uma etapa fundamental para o sucesso do seu comércio eletrônico: as entregas e devoluções. Quanto mais rápidas e baratas forem, melhor será a experiência do seu consumidor. A dica é trabalhar com mais de um tipo de frete, se for de acordo com a necessidade, e com logística reversa para as devoluções. 

©chuttersnap

Escolher uma plataforma de pagamento confiável também é essencial para manter a sua empresa operando de maneira saudável. Se você está começando, os intermediadores de pagamentos são ideais por serem mais simples de usar – além de ajudar o lojista ao assumir o risco de fraude e realizar adiantamento de recebíveis. Os intermediadores, como o Mercado Pago, por exemplo, costumam cobrar uma taxa fixa por cada transação mais um variável sobre o valor da venda. 

 

A comunicação Pós-venda

Depois que seus clientes realizaram uma ou mais compras na sua loja virtual, é hora de fidelizá-los. Aqui você pode lançar mão de diversas estratégias: entrar em contato para agradecer a compra, perguntar se a entrega aconteceu dentro de suas expectativas, analisar sua satisfação, oferecer produtos complementares ou ofertas exclusivas.. quanto mais criatividade melhor! 

©Marek Levak

Se você está procurando por mais formas de fidelizar seus clientes, conheça o Marketing de Relacionamento!

Garantir o sucesso do seu e-commerce fica ainda mais fácil com os produtos do Grupo Elian. Conheça as marcas Colorittá, Maelle, Marialícia e Elian e faça seu pedido pelo Venda Mais, a loja online do Grupo Elian exclusiva para lojistas.

 

Luis Lohmann

Escrito por Luis Lohmann

Designer gráfico, há mais de 20 anos desenvolvendo sites institucionais, promocionais e de e-commerce B2C e B2B. Hoje focado em conectar tecnologia, marketing e vendas para alcançar o sucesso de empresas e clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *