Como é a gestão da sua loja? Você possui um bom planejamento? Metas bem definidas? Ou não possui mais controle do gerenciamento do seu negócio?

Um dos principais motivos de falência dos empreendimentos é não possuir uma boa gestão do negócio. Para ajudá-lo neste quesito, os chamados KPI’s – também conhecidos como Indicadores de Desempenho – são ferramentas que auxiliam no acompanhamento de vários setores, ajudando a delimitar estratégias, ações de marketing e até mesmo a melhorar o mix de produtos para a sua loja.

Quer aprender mais sobre os KPI’s? Conheça agora 10 indicadores de vendas que você deve analisar para ter mais vendas na sua loja!

 

1 Faturamento Bruto

Todo negócio precisa faturar para manter um gerenciamento saudável. O faturamento bruto indica quanto dinheiro vai entrar na organização, ou seja, o faturamento corresponde à soma das vendas que foram obtidas em determinado período, como em um mês.

É essencial saber o quanto está faturando para saber se está dentro do esperado e se está atendendo a demanda dos custos. Se não estiver, é preciso investir em estratégias para aumentar o faturamento.

 

2 Custos Fixos

Tão importante quanto o faturamento bruto, o indicador de custos fixos é essencial para saber quanto dinheiro está saindo do seu negócio.

©Ruthson Zimmerman

Os custo fixos representam as despesas presentes em todos os meses e que não variam mesmo com diferentes faturamentos. Um exemplo comum é o aluguel do estabelecimento.

O valor dos custos fixos sempre deve ser menor do que o faturamento, para não ter prejuízos na sua loja.

3 Volume de vendas 

Este indicador corresponde ao total de peças vendidas em determinado período. 

Sabendo o volume de vendas correto, é possível determinar a frequência de compras para o estoque, além do mix de produtos e das melhores épocas de vendas.

Assim, é possível criar estratégias para vender mais e também ações para momentos de baixa.

 

4 Taxa de Conversão

A taxa de conversão é fundamental para analisar os lucros de prejuízos da sua loja. A mesma pode ser definida a partir da quantidade de pessoas que entraram na sua loja e a quantidade de pessoas que compraram.

Para descobrir a taxa de conversão da sua loja, basta fazer o seguinte cálculo:

 

Taxa de Conversão = número de vendas ÷ pelo total de visitas na sua loja.

Exemplo: 30 peças vendidas ÷ 120 clientes que entraram na loja = 0,25 X 100

Taxa de conversão é igual a 25%.

 

5 Taxa de Follow Up

Esse KPI indica a taxa de retorno da persistência do vendedor com os clientes. O termo em inglês pode ser traduzido como “acompanhamento” e é justamente a ideal de acompanhar o processo de venda com o cliente.

Para acompanhar esse KPI, você pode responder perguntas como Qual abordagem tem melhor resposta do cliente?” e “Quantas ações são necessárias para um cliente vir até a minha loja?”.

 

6 Ticket Médio

O ticket médio é um dos indicadores de desempenho mais utilizados pelos lojistas. Ele corresponde ao valor, em média, que os seus clientes compraram na sua loja. 

Através dele é possível analisar quais produtos seus clientes mais compram, direcionamento melhor o seu mix de produtos e estratégias de marketing.

Para calcular o ticket médio, basta dividir o valor do faturamento bruto de determinado período, pelo número total de clientes. Assim:

 

Ticket Médio = Faturamento Bruto ÷ Número de Clientes.

Exemplo: Ticket Médio do mês de Julho

                R$35.000,00 ÷ 200 clientes

                Ticket Médio = R$175,00

 

7 Meta diária de vendas

Indicador de desempenho que corresponde à meta a ser alcançada no total de vendas diárias.

Esse indicador deve ser definido de acordo com o desempenho da sua equipe e deve levar em consideração a sazonalidade, datas comemorativas, períodos de baixa e aumento de vendas, etc.

©Dan Gold

A meta deve ser analisada com frequência e reajustada, caso necessário, para não ser inatingível para a sua equipe de vendas

 

8 Margem de lucro 

A margem de lucro representa os lucros obtidos em determinado período na sua loja. É a partir dela que é possível observar o sucesso da sua loja e a aceitação dela no mercado.

Para calcular a margem de lucro, é preciso dividir a receita líquida (lucro) pelo faturamento bruto e multiplicar o valor por 100.

Para calcular a receita líquida, basta diminuir o faturamento bruto pelos custos (fixo e variáveis). Assim:

 

Receita líquida = faturamento bruto – custos

Margem de lucro = Receita líquida (lucro) ÷ faturamento bruto X 100

Exemplo:

Faturamento Bruto: R$20.000,00

Custos (fixos e variáveis): R$10.000,00

Receita líquida = R$20.000,00 – R$10.000,00

Receita líquida = R$10.000,00

Margem de lucro = R$10.000,00 ÷ R$20.000,00 = 0,50 X 100 = 50%

Assim, pelos cálculos, a margem de lucro foi de 50%.

 

9 Faturamento por marca ou categoria 

Enquanto o faturamento bruto indica o valor total obtido em determinado período, o faturamento por marca ou categoria (blusas, calça, feminino ou masculino, etc) serve para analisar o desempenho por determinado produto ou segmento.

Assim, é possível obter um mix de produtos mais certeiro de acordo com o seu público, além de entender quais marcas possuem mais aceitação no mercado.

 

10 Volume por marca ou categoria

Assim como o faturamento segmentado, o KPI de volume de peças vendidas por marca ou categoria também fornece valiosas informações sobre os produtos oferecidos na sua loja.

Se você percebe que o maior volume vendido são blusas básicas, talvez não faça sentido possuir tantas peças elaboradas na sua loja, por exemplo.

Vale lembrar que é preciso analisar quais indicadores de desempenho são ideais para a sua loja e os seus objetivos. Assim, com os KPI’s delimitados e o acompanhamento dos mesmos, é possível fugir dos obstáculos que impedem a sua loja de vender mais! 

Já conhece todas as nossas marcas e as novas coleções? Faça seu pedido agora pelo Venda Mais, a loja online do Grupo Elian exclusiva para lojistas!

Prefere um atendimento especial? Converse com a nossa equipe de atendimento pelo whatsapp (47)99945-9234

Avatar

Publicado por Grupo Elian

Há quase 03 décadas vestindo crianças, adolescentes e adultos com roupas de qualidade, estilo e muito conforto. O Grupo Elian é responsável pelas marcas Elian, Elian Beats, Colorittá e Marialicia, presente em todo o Brasil e também no exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *